Tecno Masters
Notícias/Informações Realidade Virtual

HTC de voltar ao País com óculos de realidade virtual?

Fabricante taiwanesa HTC pode voltar ao País em breve. Em entrevista, Joel Breton, vice-presidente disse: ” Estamos trabalhando para lançar os óculos de realidade virtual HTC Vive no Brasil nos próximos meses”.
“Estamos estudando o mercado, mas queremos trazer o HTC Vive para cá”, disse Breton, que está no Brasil para participar do Brazil’s Independent Game Festival (BIG Festival), evento de games independentes realizado em São Paulo nesta semana.

 

1467326466392
HTC Vive

 

A HTC tentou vender seus smartphones com o sistema operacional Android no Brasil ao longo da última década, mas esbarrou na concorrência com as rivais Samsung e Nokia, que dominavam o mercado com aparelhos de baixo custo. Ao mudar seu foco global para smartphones de alto padrão, em 2012, os executivos da empresa decidiram deixar o País. Agora, a entrada da fabricante no segmento de realidade virtual reacende a possibilidade de retorno, mas segundo a companhia, ainda não há uma data para isso acontecer.

 

LeVdnyl
HTC Vive

 

De acordo com Breton, a principal volta da empresa ao Brasil é a carga tributária que poderia incidir sobre o HTC Vive. A intenção da empresa, é fazer parcerias com lojas de varejo para a venda do produto. “Nossa estratégia de entrar em um novo país começa com vendas online no nosso site e depois em parcerias com o varejo”. “Precisamos mostrar como é a tecnologia para conseguir convencer o consumidor de que ele precisa da realidade virtual.”

Breton veio ao BIG Festival procurar estúdios brasileiros que estejam produzindo jogos e experiências para realidade virtual, numa tentativa de atraí-los para adaptar seus títulos ao HTC Vive. “Fico impressionado com o estilo de arte único, muito colorido, que se destaca do resto do mundo”, afirmou Breton.

 

htc-vive-vs-oculus-rift
HTC Vive

 

O HTC Vive foi lançado em abril de 2016 nos Estados Unidos e é uma parceria da taiwanesa com a desenvolvedora de jogos americana Valve, responsável por títulos como Counter-Strike e Half-Life.
Para Breton, o preço mais alto de seu produto não é um empecilho para a popularização da tecnologia. “Se você comprar os kits completos dos outros dispositivos, com câmeras e controles como os nossos, os preços serão parecidos”, disse o executivo. “Nosso plano para a popularização da realidade virtual é de uma década. Sabemos que, à medida que a tecnologia se populariza, os custos de produção caem e mais pessoas poderão se divertir.”

O kit dos óculos de realidade virtual é vendido a US$ 799 (R$ 2.619,00 reais aproximadamente) : além do dispositivo principal, o conjunto inclui sensores de movimento que filmam os movimentos do usuário, além de dois controles preparados para realidade virtual.
Para o executivo da taiwanesa, ter bom conteúdo é o que diferenciará uma plataforma de realidade virtual das outras – na última E3, maior evento de games do mundo, a HTC divulgou que terá o jogo Fallout 4, da Bethesda, como exclusivo em sua plataforma. Já a Sony, por sua vez, contra-atacou anunciado a compatibilidade de títulos como Batman, Star Wars e Resident Evil.

Os seus principais rivais é o Oculus Rift (Oculus), que custa US$ 599 (R$ 1.963,00 reais aproximadamente) e foi lançado em março nos Estados Unidos, e o PlayStation VR (Sony), que chega ao mercado americano em outubro por US$ 399 (R$ 1.308,00 reais aproximadamente). Tanto Oculus como Sony não revelaram, até o momento, se pretendem lançar seus óculos de realidade virtual no Brasil.

 

 

FONTE: ESTADAO

 

 

Related Articles

USP e universidades estrangeiras oferecem cursos gratuitos de tecnologia da informação

Masters

Justiça do Rio de janeiro ordena bloqueio do WhatsApp

Douglas Lucas

Futebol ao vivo no Facebook? Confira!

Douglas Lucas

Escreva seu comentário abaixo