10 dicas de como se proteger na internet

Security concept: computer keyboard with word Cyber Crime, selected focus on enter button background, 3d render

O Brasil está no epicentro de uma onda global de crime cibernético, ou cibercrime. O país está em segundo lugar na classificação mundial de fraudes bancárias online e malware financeiro, além disso o roubo de informações pessoais. Então escrevemos 10 dicas para você se proteger navegando na internet.

1- Desconfie de mensagens de empresas
Os hackers e ladrões de dados costumam conseguir informações através de phishing, usando indevidamente o nome de empresas e outras pessoas. Por isso, desconfie de e-mails e mensagens de promoções, cobranças, dados bancários ou que peçam informações pessoais.

2- Crie senhas de celular mais seguras
Quanto maior a senha do seu celular, melhor. Por isso, troque o PIN de quatro dígitos padrão do iOS nas configurações e bloqueie a tela do Android. Caso não queira uma senha maior, considere mudar o código com frequência.

3- Faça backup do seu computador
Crie o hábito de fazer backup regulares de seu computador para caso tenha algum problema e precise recuperar informações importantes. Se possível, configure seu dispositivo para fazer o backup automaticamente.

4- Instale um antivírus
Vírus e malware são sempre uma ameaça, por isso, tenha um antivírus instalado em seu computador e mantenha ele sempre atualizado, verifique por updates no seu antivírus.

5- Bloqueie sua rede de Wi-Fi
O roteador é a primeira linha de defesa da sua rede de Wi-Fi. Crie um login de administrador e uma senha que seja composta por letra, números e se possível símbolos.

6- Não envie informações pessoais por e-mail, Informações sensíveis, como dados bancários, números de documentos e informações comerciais confidenciais nunca devem ser enviados por e-mail sem criptografia. Caso a mensagem não seja criptografada, um hacker pode interceptar a mensagem e ter acesso à toda a conversa.

7- Evite redes de Wi-Fi públicas
Se for acessar uma rede de Wi-Fi pública, verifique se tem VPN (Rede Virtual Privada, em inglês), que permite criar pontes de ligação entre diferentes dispositivos via Internet, mantendo os dados de comunicação trocados entre eles codificados.

8- Use um gerenciador de senhas
A recomendação é que se use senhas diferentes para cada site cadastrado, contas bancárias e outros acessos, pois se um Hacker consegui uma senha sua ele tentará usar a mesma em diversos sites, sistemas etc. Para não ficar se confundindo com as senhas, use um gerenciador.

9- Use a autenticação de dois fatores
A autenticação de dois fatores oferece uma camada extra de segurança caso sua senha seja roubada. Além da senha, alguns sistemas oferecem a opção de enviar um código por e-mail ou SMS.

10- Permissões e configurações de segurança, Mantenha o software de seu computador e dispositivos móveis sempre atualizados e procure limpar as permissões de sites e aplicativos, que costumam armazenar dados do usuário.

Além dessas 10 dicas é interessante você ficar sempre atento aos sites que você acessa, além disso muitos hackers usam a Social Engineering (Engenharia Social) para pegar suas informações.

 

FONTE: Tecmundo

 

 

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.