Conheça a chamada “Deep Web”

A Deep Web é o lado obscuro da internet, aonde se encontram os conteúdos escondidos, que apenas pessoas com um grande conhecimento neste meio de tecnologia e rede conseguem acessar, como por exemplo, hackers e crackers (caracterizados como os criminosos da internet).

Você não irá encontrar o conteúdo da deep web em sites grandes e famosos, como google, yahoo, etc. Para acessá-los, necessita de uma enorme sabedoria e a grande maioria deles exigem login e senha, muitas vezes nem mesmo as forças da lei conseguem acessar alguns destes sites e seu conteúdo.

Há estudos que dizem que esta “área secreta” da web é muito maior do que o conteúdo público ao qual as pessoas em geral tem acesso, como mostra na imagem que temos no topo da notícia, a parte de baixo significa o dimensão da deep web, e a de cima, o contéudo considerado “legal”. Para quem possui o conhecimento, não é difícil criar um site “escondido”, a maioria deles não exige ao menos um domínio de criptografia ou programação, basta apenas informar que você não gostaria que o conteúdo do seu site seja público.

A deep web pode ser considerada um lado perigoso da rede, onde os conhecidos crackers, podem roubar dados dos usuários e espalham seus vírus para poderem acessar e controlar seus computadores e dados pessoais, além de ser utilizada como um meio para o tráfico e venda de drogas, armas, pornografia e pirataria. Porém, ela não foi criada apenas com intenções ruins, nela também podemos encontrar o download de séries, livros, filmes que podem ser considerados raros, e os quais você talvez não encontre em um site de download comum.

Mas como dizem, é sempre bom evitar o problema, muitos destes sites normalmente são ocultos, muitas vezes com domínios não muito conhecidos, diferentes de “.com”, “.net” e mesmo usando navegadores criptografados podem te encontrar, por isso fica o conselho, se entrar em algum site ao qual você ache seu conteúdo um pouco diferente e estranho,  não deixe suas informações, e nunca preencha com seus dados pessoais.

 

O que acharam da curiosidade? Deixem a sua opinião abaixo.

 

FONTE: Gabriel Sthefan, Tecno Masters

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.