Limite de dados na banda larga fixa vai começar em 2017 diz ministro

125

Em entrevista ao Poder360, o ministro Gilberto Kassab garantiu a regulamentação da venda de pacote de dados e o fim da internet ilimitada na banda larga fixa para o segundo semestre de 2017. Ele argumentou que a prática será benéfica para o setor. “O nosso objetivo é beneficiar o usuário. O Ministério trabalha pra que o usuário seja cada vez melhor beneficiado com melhores serviços”, explica.

Segundo Kassab, haverá um período de adaptação em que os assinantes já terão um limite no pacote de consumo, já que o choque inicial com a alteração na cobrança pode ser grande. Para ele, a ideia é que “esse serviço seja o mais elástico possível, mas tenha um ponto de equilíbrio, porque as empresas têm seus limites”.

Haverá 1 modelo flexível, diferente do que existe hoje. No momento, os assinantes que contratam o serviço em casa têm acesso ilimitado para download e upload de dados, independentemente de quanto usam, no sistema proposto, haverá opções e cada assinante contratará uma franquia de dados do tamanho que desejar.

O ministro não sugeriu números sobre limites de franquia nem como serão os planos que serão oferecidos pelas operadoras. Disse apenas que a prioridade será melhorar o serviço. Buscar 1 ponto de equilíbrio entre o limite das empresas e o desejo do consumidor.

Confira o que disse o ministro na entrevista:

 

[ot-video][/ot-video]

 

Vale lembrar que esse foi um assunto muito discutido no ano passado, os usuários fizeram até um petição contra o limite de dados na banda larga, assim como outros meios de protestos.

 

você pode gostar também Mais do autor